Mentoring executivo

“Eu não posso ensinar nada a ninguém. Eu só posso fazê-lo pensar”.

• O alvo do nosso trabalho de mentoring é a alta direção: CEOs, diretores, gerentes.
• O mentoring é um processo de aconselhamento que dura um tempo determinado, onde damos dicas e preparamos o profissional para aproveitar as oportunidades e obter sucesso profissional e sucesso para a empresa.
• Em nosso jargão de consultoria vemos um mentor, e mentoring como monitoria, ou seja, a pessoa que orienta, aconselha e aponta direções. Contribuímos com a carreira do profissional para melhorar suas habilidades como gestor de pessoas.
• Nossa experiência de ex executivos e de conselheiros e nossa senioridade nos permite “adotar” um profissional no qual se detectou potencial acima da média, servindo-lhe de orientador na sua carreira, de professor na sua especialidade, de conselheiro e até mesmo de protetor em sua ascensão profissional.
• Buscamos facilitar o desenvolvimento do profissional a partir do nosso próprio exemplo e da nossa disponibilidade em dialogar com o executivo, estimulando-o e orientando-o em seu caminho para o sucesso.
• Como “mentor” assumimos a tarefa complexa de ajudar no “desenvolvimento” de um profissional em três dimensões a considerar: o desenvolvimento pessoal, o profissional e o de carreira, na empresa em questão. Na primeira dimensão, a do desenvolvimento pessoal, falaremos de um “mentor” tipo pai, tutor, amigo mais velho, conselheiro espiritual, confessor talvez… Na segunda, a do desenvolvimento profissional, trataremos do Know–how na especialidade. Quanto ao terceiro aspecto – o de desenvolvimento de carreira – utilizamos o apoio do próprio Chefe hierárquico, do Gerente de Recursos Humanos, do Diretor definidor de políticas e diretrizes da empresa etc.
• Incentivamos o compartilhamento de dúvidas para encontrar um sentido, não só nos negócios, mas também na vida do profissional. Procuramos ajudar a decidir o melhor caminho e o plano para chegar lá, analisando as implicações e consequências. Desafiamos a fazer melhor, desacomodar e fortalecer a autoconfiança. Ao compartilhar nossa experiência, aconselhamos, damos suporte e até auxiliamos na construção de networking.
• Em determinadas situações ao invés de um mentoring sugerimos um coaching que é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente) onde o coach apoia o cliente na busca de realizar metas de curto, médio e longo prazo, através da identificação e uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e superação de suas fragilidades. Coaching é a arte de aprimorar o desempenho dos outros.